sexta-feira, 16 de julho de 2010

semeador do amor

Semeador do amor











Eu era Uma sementinha


triste , solitária ...


O Jardineiro poeta


Plantou uma no Coração






Com amor cuidou


germinou uma sementinha ...


Regou - um com ternura


Primeiras nasceram como folhas ...






Com afeto


No inverno , a aqueceu ...


O primeiro Botão


NA brotou Manhã orvalhada ...






Muito carinho , uma plantinha


Jardineiro dedicou o poeta ...


Na primavera


Botão abriu o se ...






Uma linda rosa surgiu ...


O amor, à plantinha Igual


Cresceu em Nossos Corações


enraizou , eternizou o tempo ! ...


( Van Albuquerque )

Um comentário:

Rob Robson disse...

Eu estava lendo, eu tambem curto muito boas poesias assim. Legal!
Obrigado por dividir.

Robson